sábado, 17 de junho de 2017

Já são conhecidas características do novo tanque ligeiro de Israel


Na conferência International Ground Warfare & Logistics, o ex-general de brigada do Ministério da Defesa de Israel apresentou o programa Carmel, que prevê o desenvolvimento de um mini tanque.
Soldados israelenses a bordo do tanque Merkava
Segundo Michael Peck, autor do artigo para o jornal norte-americano National Interest, a tripulação do novo veículo será reduzida a dois homens.



"Israel tem a intenção de desenvolver um tanque ligeiro, capaz de funcionar em zonas urbanas", sublinhou.

Além disso, o veículo contará com um motor híbrido e um sistema universal de defesa.
"Seu sistema de proteção ativa poderá incluir mísseis antitanque, mas sua blindagem não protegerá dos canhões pesados de tanques como o T-72. O modelo russo mais parecido com o Carmel poderia ser o BMPT/BMPT-72 Terminator", cita o autor os especialistas.
O mini tanque israelense pesará entre 34 e 40 toneladas, em comparação com as 68 toneladas do norte-americano M-1 Abrams. O veículo israelense é também significativamente mais pequeno do que o Armata russo de nova geração, que pesa 48 toneladas, escreve o jornalista.
De acordo com Peck, o novo tanque de Israel não substituirá o atual Merkava 4, que está previsto permanecer em produção até 2020.
"O pequeno tanque, protegido por uma blindagem média e armado com um autocanhão e mísseis, parece ter seu próprio nicho como veículo de apoio à infantaria", conclui Michael Peck.

Nenhum comentário :

Postar um comentário