terça-feira, 22 de agosto de 2017

EUA terão capacidade para conter ataques de mísseis hipersônicos russos?

Há 55 anos, a União Soviética testou o seu novo míssil de cruzeiro K-10, que pôs fim à supremacia dos porta-aviões norte-americanos, alterando o equilíbrio de forças no mar.
A Marinha russa possui mísseis Oniks e Granit, que tradicionalmente preocupam os comandantes de navios de guerra norte-americanos, enquanto o Tsirkon hipersônico pode se tornar um verdadeiro pesadelo para eles.
Lançamento de míssil hipersônico antinavio
Velocidade fantástica

OVNI na China deixa a todos boquiabertos!

Este vídeo estranho, filmado em 13 de agosto na cidade de Jinan, na província de Shandong (China), supostamente mostra um OVNI de forma retangular.
Resultado de imagem para ovni

OS RUSSOS CONHECEM A SEGURANÇA COMO O PRINCIPAL OBJETIVO DA POLÍTICA EXTERNA

A maioria dos russos vê a garantia de uma vida segura e pacífica como o principal objetivo da política externa de sua nação, além de restaurar a autoridade da Rússia no cenário internacional, mostrou uma nova pesquisa de opinião pública.

Cinquenta e nove por cento dos russos vêem o principal objetivo da política externa como garantia de uma existência pacífica e segura para o país, de acordo com um estudo realizado pelo centro sociológico independente Levada.

“SUPERPOTÊNCIA PERDEDORA”: OS SENADORES RUSSOS AFIRMAM QUE A CAMPANHA DOS EUA NO AFEGANISTÃO ACABOU EM FRACASSO.

Membros da câmara alta russa afirmaram que a campanha militar de 16 anos no Afeganistão acabou em fracasso e reiterou um apelo para que Washington retirasse suas tropas desse país.
“George Bush Junior começou a guerra, Barack Obama prometeu acabar com ela, mas nunca o fez. Como resultado, o presidente Donald Trump foi deixado com um desastre nas mãos. “Superpotência perdedora”, disse o senador Aleksey Pushkov.

Globo enxuga seu elenco fixo; SBT demite!

Por Altamiro Borges

Em função do agravamento da crise econômica e do crescimento da internet, entre outros fatores, as emissoras de televisão estão passando por um período de violenta reestruturação. Os barões da mídia mantêm seus altos lucros e os assalariados – inclusive aqueles que chamam o patrão de “companheiro” – são penalizados com cortes de salários, demissões e precarização do trabalho. Nesta quinta-feira (17), a coluna de fofocas do site UOL publicou mais duas notinhas sobre o clima de pânico que reina nestas empresas – no caso, a TV Globo “enxuga ainda mais seu elenco”, e o SBT demite sem só ou piedade.
Resultado de imagem para globo e sbt

Elites divorciadas da realidade: Mais um "Mas e se..?" de The Economist



"Descobri the Economist no final dos anos 80s, na época de Reagan. Era muito boa. O declínio começou em 1995 (...). Em 2002, já não era nem sombra do que fora. Parei de ler definitivamente em 03, 04 e nunca mais li The Economist. Pelo visto, piorou ainda mais".
(Abelard Lindsey, em Comentários)

Traduzido pelo coletivo da vila vudu

As elites globalistas ocidentais até hoje não engoliram a vitória de Trump ou o Brexit

"Adultos" versus "Ideólogos"? Narrativa 'da mídia' sobre a Casa Branca pode estar toda errada

Moon of Alabama (Com atualização, abaixo)

Traduzido pelo coletivo da vila vudu

Os Democratas e a 'mídia' amam os generais do Pentágono na Casa Branca. São os "adultos":
Sen. Sheldon Whitehouse (Democrata de Rhode Island) elogiou Donald Trump por ter escolhido o novo Conselheiro de Segurança Nacional –, chamando o respeitado militar de "adulto provado e certificado".

De acordo com a narrativa dominante, os "adultos" opor-se-iam aos "ideólogos" que cercam o principal assessor de Trump, Steve Bannon. E Bannon é contagioso, segundo Jeet Heer, uma vez que está convertendo Trump num ideólogo etnonacionalista. Uma recente entrevista curta com Bannon desqualifica essa narrativa.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Cemitério de navios: como a Marinha ucraniana se 'afundou' após colapso da URSS

Recentemente, no centro da cidade ucraniana de Nikolaev se reuniram os residentes locais para enfrentar o premiê do país, Vladimir Groisman. Entre os manifestantes, estavam os trabalhadores do estaleiro local, que gostariam de perguntar ao político quando receberiam seus salários atrasados há 2 anos.
Cruzador de mísseis Ukrayina no Estaleiro Naval de Nikolaev, Ucrânia
Porém, Groisman foi alertado sobre o protesto pelas autoridades municipais e mudou o plano da sua visita à cidade, evitando se encontrar com os manifestantes. O observador da Sputnik Zakhar Vinogradov conta como a frota ucraniana "se afundou" após o colapso da URSS.
Berço de porta-aviões

Destróier dos EUA se choca com navio mercante no mar do Sul da China

O destróier USS John McCain, da Marinha dos Estados Unidos, se chocou com um navio mercante perto da costa de Singapura na manhã desta segunda-feira, horário local.
Destróier USS John S. McCain (DDG 56) da Marinha dos EUA (arquivo)
De acordo com a Sétima Frota, o acidente ocorreu às 6h24, entre o estreito de Malaca e Singapura, onde o destróier faria uma visita de rotina ao porto local. As primeiras informações dão conta de que a embarcação militar teria sido danificada.

Ataque aéreo russo matou mais de 200 terroristas e destruiu comboio do Daesh na Síria

A Força de Defesa Aeroespacial Russa destruiu um comboio do grupo terrorista islâmico Daesh, que estava se dirigindo para os arredores da cidade de Deir ez-Zor, informou um comunicado do ministério da Defesa da Rússia.
Um bombardeiro estratégico Tu-22, da Força Aeroespacial da Rússia, durante a operação na Síria
"A aviação da Força de Defesa Aeroespacial da Rússia destruiu mais um grande comboio dos terroristas do Daesh, que se dirigia para a região da cidade de Deir ez-Zor, onde os terroristas internacionais estão tentando se reagrupar e instalar o seu último enclave militar na Síria", destacou o comunicado.

A hipocrisia das lágrimas por Barcelona, por Peter Koenig

Peter Koenig - The Vineyard of the Saker


tradução de btpsilveira


Barcelona, dia 17 de agosto, 17h00 – Uma van branca avança a 70 km/hora diretamente contra de uma massa de pedestres, a maioria turistas, na famosa Rambla, no coração de Barcelona. O total de mortos, 13, além de mais de 100 feridos. Nos eventos paralelos, a polícia matou um dos alegados perpetradores do atentado. O principal suspeito fugiu e ainda estaria foragido. Estaria mesmo? – Talvez ele também já esteja morto.
Em todos os atentados recentes com carros foram utilizadas vans brancas. Será que isso significa alguma coisa? Talvez não. Mais importante que isso é que o Estado Islâmico já reivindicou responsabilidade, através de sua agência de notícias, Amaq, que então, foi repetida pela mídia presstituta. Mais alguém checou, além da imprensa corporativa? – Provavelmente não. Mas não importa. Quando o Estado Islâmico reivindica responsabilidade, instantaneamente os corações e mentes se quedam tranquilos. Os culpados foram encontrados. São sempre aqueles sanguinários jihadistas islâmicos. Podemos descansar em paz. E segue a vida…

Bannon O Bárbaro, agora 'termonuclear', por Pepe Escobar

Pepe Escobar, SputnikNews

Traduzido pelo coletivo da vila vudu

"Estou deixando a Casa Branca e vou à guerra por Trump contra os adversários dele – no Capitólio, na mídia e nos EUA empresariais."
"Bannon O Bárbaro e sua guerrilha termonuclear contra a junta militar que hoje controla a Casa Branca. 
Essa afinal é guerra que se pode levar a sério." 
Pepe Escobar 20/8/2017, Facebook

Eis o que disse o ex-estrategista-chefe da Casa Branca Steve Bannon, pelo telefone, ao homem que escreveu o livro sobre como Bannon/Maquiavel realmente conquistou a Casa Branca para O Príncipe, Donald Trump.

EUA é barco sem rumo, agora que Trump demitiu o piloto

 Moon of Alabama

Traduzido coletivo da vila vudu
"O governo Trump pelo qual nós lutamos e vencemos, está acabado"– disse Bannon na 6ª-feira, logo depois de confirmar sua saída. – "Ainda temos um grande movimento, e alguma coisa faremos desse governo Trump. Mas o governo de antes, aquele, está acabado."
Bannon era o homem de "Fazer os EUA grandes outra vez" [ing. "Make America Great Again"] na Casa Branca. O estrategista que detinha as ideias populares que trouxeram os votos que elegeram Trump. Empregos, empregos, empregos, investimento em infraestrutura, limites à imigração, impostos sobre os globalistas – eis a causa pela qual Bannon combate.
Imagem: Desembarcar o piloto Punch 1890

domingo, 20 de agosto de 2017

EUA efetua o primeiro disparo na Guerra comercial contra a China.

Peter Korzun - Strategic Culture


tradução de btpsilveira


Enquanto a atenção do mundo está focada na Coreia do Norte e seu programa de mísseis nucleares, outra guerra está começando. 
A primeira salva de disparos dessa guerra aconteceu em 14 de agosto, quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, autorizou um inquérito sobre as alegações de que Pequim estaria roubando propriedade intelectual infringindo a Seção 301 da Lei de Comércio de 1974. Trata-se da primeira medida comercial concreta da atual administração contra a China.

sábado, 19 de agosto de 2017

O COMÉRCIO DA UCRÂNIA COM A RÚSSIA ESTÁ AUMENTANDO RAPIDAMENTE

Kiev está fazendo mais e mais negócios com uma nação que afirma estar em guerra com a Ucrânia.
O volume de comércio da Ucrânia com a Rússia entrou em colapso após 2014. Provavelmente nunca se recuperará, mas continua a ser muito significativo para a Ucrânia e, além disso, está aumentando rapidamente:

MAIOR VERGONHA DO BRASIL, TRIBUNAIS AGENTES DE DESTRUIÇÃO DA SOBERANIA NACIONAL E POPULAR.

A maior vergonha do Brasil não é a mídia comercial. Seu papel, historicamente, foi o de servir aos poderosos. A quem lhe paga mais.
A maior vergonha do Brasil não são os políticos corruptos. Se houvesse Justiça eles não estariam no Congresso nem nas Assembléias Estaduais e nas Câmaras de Vereadores. Para isto uma Ação Popular introduziu a Lei da Ficha Limpa que apenas se tornou inócua pela inação da Justiça.
A maior vergonha do Brasil são os Tribunais Superiores do Poder Judiciário, aí incluído o Ministério Público. Há fatos que apontam nesta direção.

Empurrados pelos neocons, EUA e o mundo caminham para uma crise perigosa

Texto de The Saker – tradução de btpsilveira

Primeiro, o que escrevi no muro

Em outubro do ano passado escrevi uma análise 
Trump e penso que está na hora de revisitá-la. Comecei 
aquele artigo analisando as calamidades que poderiam 
recair sobre os Estados Unidos se Hillary fosse eleita. 
Desdeque isso não aconteceu (graças a Deus!), podemos ignorar essa parte com segurança e partir para minhas predições do que poderia acontecer se Trump fosse eleito. Eis o que escrevi:

Trump vence. Problema: ele estará completamente sozinho. Os neocons têm o controle total, repito: total controle do Congresso, imprensa, banca/finanças e dos tribunais. De Clinton a Clinton eles se infiltraram profundamente no Pentágono, Foggy Bottom (“Foggy Bottom” – apelido do Departamento de Estado, devido ao nome do bairro onde está instalado desde 1947 – NT), e nas agências de três letras. Seu quartel general é o FED. Como diabos Trump poderá lidar com esses “malucos no porão”, babando de ódio? Pense na campanha de rancor surdo que todas as “personalidades” (de atores a políticos e repórteres) lançaram contra Trump – eles queimaram todas as pontes, eles sabiam muito bem que perderiam tudo se Trump vencesse (e se ele se mostrar um bundão fácil de domar, sua eleição não fará a menor diferença). 

O que torna os mísseis de cruzeiro russos Kalibr em uma arma sem igual?

Ontem (18), o submarino nuclear multifuncional da Frota do Norte Severodvinsk efetuou um lançamento de mísseis de cruzeiro Kalibr desde a posição debaixo da água. O colunista da Sputnik, Aleksandr Khrolenko, analisa o treinamento bem-sucedido e apresenta as principais vantagens do míssil.
Os navios da Marinha russa efetuam o lançamento de 4 mísseis de cruzeiro Kalibr contra as posições do Daesh na região síria de Palmira
De acordo com o colunista, tais ensaios são um exemplo de concretização das Bases da Política da Federação da Rússia na Área Naval para o Período até 2030, assinadas pelo presidente Vladimir Putin em julho.

Nova arma intercontinental chinesa pode ser um desafio para Washington

Os especialistas da Marinha chinesa hoje em dia estão neste momento criando o inovador míssil balístico intercontinental Julang-3, informaram as mídias chinesas. O analista russo Vasily Kashin falou à Sputnik sobre a importância do aparecimento da nova arma chinesa para as forças estratégicas do gigante asiático.
Lançamento de míssil na China (arquivo)
A informação sobre o desenvolvimento do novo míssil balístico JL-3 para submarinos tem circulado já há vários anos. 

DIVERGÊNCIAS NO SEIO DO CAMPO ANTI-IMPERIALISTA

Quando o seu país foi atacado pelos jiadistas, em 2011, o Presidente Bachar al-Assad reagiu a contra-corrente: em vez de reforçar os poderes dos serviços de segurança, ele diminuiu-os. Seis anos mais tarde, o seu país está em vias de sair vencedor da mais importante guerra desde a do Vietname. O mesmo tipo de ataque está em vias de se produzir na América Latina, onde suscita uma resposta muito mais dentro do habitual. Thierry Meyssan expõe aqui a diferença de análise e estratégia dos Presidentes Assad por um lado, Maduro e Morales pelo outro. Não se trata de colocar esses líderes em compita, mas de apelar a cada um deles para extrair lições políticas e tomar em boa conta a experiência das últimas guerras.

Em Maio de 2017, Thierry Meyssan explicava na Russia Today em que é que as elites sul-americanas se enganam quanto ao imperialismo dos EUA. Ele insistia acerca da mudança de paradigma dos conflitos armados actuais e a necessidade de repensar, radicalmente, a maneira de defender a pátria.

ARMAS QUÍMICAS FORNECIDAS PELOS EUA E REINO UNIDO PARA TERRORISTAS NA SÍRIA

Numerosas acusações de Washington e seus aliados trapaceiros sobre a Síria usando armas químicas foram fabricadas.

Anteriormente, a Arábia Saudita foi pega em flagrante fornecendo terroristas na Síria com armas químicas (Chemical Weapons). Assim como a Turquia, descobriu o transporte de gás sarin tóxico transfronteiriço. Talvez Jordania e Israel tenham fornecido CWs. Ambos os países apoiam os ISIS e outros grupos terroristas.

Pepe Escobar: E os vencedores na era pós-Daech são...

Pepe Escobar, Asia Times

Traduzido pelo coletivo da vila vudu

O caso de amor entre a Casa de Saud e o líder iraquiano nacionalista Muqtada al-Sadr revela o desespero dos sauditas depois da miserável derrota na Síria e de uma mudança para se opor ao Irã em Bagdá, em vez de se opor a Damasco.

O líder xiita Muqtada al-Sadr reúne-se com o príncipe coroado da Arábia Saudita Mohammed bin Salman em Jedá, Arábia Saudita, dia 20/7/2017. Foto: Reuters via Bandar Algaloud/Cortesia da Real Corte Saudita

Muqtada al-Sadr está aprontando alguma. No Iraque ocupado de 2004, o líder nacionalista que adiante construiu o movimento Sadrista chegava a ser demonizado como inimigo número 1 dos EUA – destronando rapidamente Osama bin Laden. Agora está sendo pintado – pelos bajuladores de Wahhabistas de sempre – como uma espécie de Reconciliador.

Steve Bannon não se arrepende nem se dobra

Robert Kuttner, The American Prospect (sobre o veículo, aqui)

Traduzido pelo coletivo da vila vudu

Você talvez suponha, pelo que tenha lido nos veículos da mídia-empresa nos EUA, que Steve Bannon estaria nas cordas, semidestruído e, porisso, agindo com mais cautela. Ainda há poucos dias, logo depois dos eventos em Charlottesville, ele estava sendo culpado pela insistente indulgência de Trump para com os brancos suprematistas. Aliados de HR McMaster, conselheiro de Segurança Nacional, declararam Bannon responsável por uma campanha de Breitbart News, do qual Bannon foi diretor, para demonizar o chefe da Segurança dos EUA. Na conferência com a imprensa na 3ª-feira, Trump defendeu Bannon, mas foi defesa morna, no máximo.

Neoliberais e neoconservadores norte-americanos são muito, muito, muito mais perigosos que a extrema direita

Adam Garrie, The Duran

Traduzido pelo coletivo da vila vudu

Os que pregam guerra violenta, ilegal, imoral e cruel não têm em que se apoiar para criticar qualquer outra causa.

A mídia-empresa liberal norte-americana hegemônica acolheu uma história que começou em Al-Jazeera veículo estatal de propaganda do Qatar e que tenta associar a extrema direita norte-americana, às vezes chamada "Alt-right"[1], e o presidente sírio Bashar al-Assad e seu Partido Socialista Árabe Ba’ath.

Como escrevi ontem em The Duran,

"Para começar, Bashar al-Assad é socialista. É membro do partido governante na Síria, o Partido Socialista Árabe Ba’ath. Embora a chave esteja na denominação do partido, é útil compreender melhor as origens intelectuais do Ba’athismo.

História de Charlottesville foi escrita em sangue na Ucrânia


Traduzido pelo coletivo da vila vudu

Qual o traço mais marcante da política da direita racista nos EUA hoje? É a atividade dos suprematistas ensandecidos que se atiram contra uma manifestação antifascistas em Charlottesville, VA, ou a garantia, que lhes dá Lindsay Graham de que um ataque contra a Coreia do Norte até pode resultar em milhares de mortos... mas são mortos "do lado de lá"? 
E o que dizer da decisão unânime das duas casas do Congresso, de apoio a Israel e crítica à ONU, que teria posição enviesada contra Israel? 

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Su-57 vs. F-22: comparação entre mísseis dos caças de quinta geração

O caça russo Su-57 é frequentemente comparado com outro caça de quinta geração, o F-22 Raptor de produção estadunidense. A revista russa Svobodnaya Pressa analisou recentemente as munições de ambos os aviões militares para descobrir quais são as mais potentes.
Caça russo de quinta generação Su-57
Pelo menos 14 tipos de armamento estão sendo criados para as aeronaves russas Su-57. 

Recente achado na Crimeia vale mais do que um tesouro (FOTO)

Na península da Crimeia, perto da cidade de Kerch, os arqueólogos encontraram uma laje de mármore do século III com uma curiosa inscrição.
Arqueólogos escavando a necrópole de Kyz-Aul perto da cidade de Kerch, Crimeia
A descoberta foi feita durante a limpeza de uma antiga sepultura, na necrópole de Kyz-Aul, informam fontes locais. A antiga cripta onde se encontrava a placa com a inscrição fora saqueada na Idade Média por representantes da cultura saltavo-mayatskaya, associada com os cazares, um povo de origem turcomana procedente da Ásia Central. 

Mídia: 3 mil terroristas do Daesh e Frente al-Nusra regressarão à Europa em breve

Até três mil jihadistas, membros dos grupos terroristas Daesh e Frente al-Nusra, ambas organizações terroristas proibidas na Rússia, podem regressar à Europa em breve, informou a agência suíça ATS.
Militantes da Frente al-Nusra (foto de arquivo)

Filme da Força Aérea Russa aniquilando terroristas ISIS no centro da Síria

BEYRO, LÍBANO (12:15) - A Força Aérea Russa não moleza aos militantes do Estado Islâmico (ISIL), pois seus aviões trabalham noite e dia para caçar o grupo terrorista na vasta região desértica do centro da Síria.


Exército sírio cruza o rio Eufrates para atacar as linhas do ISIL na ilha Sakr: vídeo

BEIJO, LÍBANO (12:05) - O exército árabe sírio (SAA) realizou uma operação especial na margem ocidental do rio Eufrates, em Deir Ezzor, na quinta-feira, visando as posições do estado islâmico (ISIL) dentro da ilha Sakr.


Exército sírio e o Hezbollah se posicionam para lançar sua última ofensiva na fronteira libanesa

BEYRO, LÍBANO (7:00 da manhã) - O exército árabe sírio (SAA) e o Hezbollah se posicionaram para lançar sua última ofensiva em Qalamoun ocidental, a fim de assumir o controle total da fronteira libanesa de uma vez por todas.


Dezenas de terroristas do ISIS são eliminados em desastrosa contra-ofensiva perto da fronteira de Deir Ezzor

BEIJADO, LÍBANO (1:00 da manhã) - O Estado Islâmico (ISIL) lançou quinta-feira uma contra-ofensiva em larga escala ao longo da fronteira Homs-Deir Ezzor, dirigida às posições do exército árabe sírio (SAA) na área de Humaymah, perto da T-2 Estação de bombeamento.


A auto-defesa e a RDPC

Traduzido por  resistir.info

Vivemos num mundo onde há opressores e oprimidos.
http://tlaxcala-int.org/upload/gal_16596.jpg
Inevitavelmente, aqueles que são oprimidos e explorados levantar-se-ão e combaterão pela libertação, tentarão remover das suas costas a bota dos opressores. 

Exatamente agora o pequeno país que é a República Democrática e Popular da Coreia está a tentar evitar ser esmagado pela força imensa da "democracia capitalista" estado-unidense. 

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Rússia começa a desenvolver caça de sexta geração

Aeronaves serão equipadas com armas laser, mísseis hipersônicos e drones.

Em 2018, as Forças Aeroespaciais russas receberão os primeiros caças de quinta geração do tipo Su-57 (projeto PAK FA). Enquanto isso, engenheiros russos já estão desenvolvendo os aviões da sexta geração do modelo, declarou o vice-diretor-geral adjunto do consórcio CRT, Vladímir Mikheev, em uma entrevista ao canal de televisão russo Zvezda.


Foto meramente ilustrativa; os detalhes sobre o visual do novo caça ainda são desconhecidos Foto:Alexander Yartsev ABiator

Novo Mi-28 será enviado à Síria para combater o EI

Última atualização do helicóptero Mi-28 chegará à Síria nas próximas semanas para continuar as missões contra grupos terroristas que atuam no país.

Mi-28s durante missão Foto:Boris Egorov

Uma nova versão do helicóptero Mi-28UB, conhecido como ‘Caçador Noturno’, será transportada para a base aérea russa na Síria dentro das próximas semanas. O objetivo da fabricante, Russian Helicopters, é testar a nova armadura e novos mísseis na linha de frente.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

EUA: Se não der certo, culpe a China

Texto de Finian Cunningham, tradução de btpsilveira

A economia despedaçada dos Estados Unidos é corroborada pelo déficit crônico que o país tem com o resto do mundo. Na realidade, os Estados Unidos não podem culpar a ninguém a não a si mesmos pelo seu fracasso histórico.
Imagem relacionada
Mas numa faceta tipicamente chauvinista, a administração Trump encontrou um bode expiatório conveniente ao culpar a China – seu principal parceiro bilateral. O presidente Donald Trump ordenou nesta semana um processo contra as alegadas práticas maliciosas da China, entre as quais roubo de propriedade intelectual e subsídios injustos.

O real significado da ameaça da Coreia do Norte à Ilha de Guam

Richard Parker - Politico Magazine / GGN

Kim Jong-un sabia o que estava dizendo quando ameaçou atacar a Ilha de Guam. Antes que mero blefe na escalada de hostilidades verbais entre Estados Unidos e Coreia do Norte, a declaração agressiva do líder norte-coreano mirava o calcanhar logístico das forças militares norte-americanas no Pacífico, como se dissesse: “nós conhecemos muito bem os seus pontos nevrálgicos, e eles estão ao nosso alcance de tiro”.
Tradução de Ricardo Cavalcanti-Schiel


Numa tarde úmida de maio na base de Anderson da Força Aérea, na Ilha de Guam, o tráfego aéreo militar parece convergir de todas as partes: [bombardeiros - NT] cinzentos B-52, vindos da Dakota do Norte; KC-130 [Hércules de abastecimento - NT], vindos da Pensilvânia; e C-130 [Hércules de transporte - NT], vindos da Coréia do Sul.

CÍRCULO VICIOSO: COMO PREVENIR A “CRISE DE MÍSSEIS DE GUAM” ENTRE OS EUA E CORÉIA DO NORTE

É hora de Washington e Pyongyang se encontrarem na mesa de negociações, o cientista russo Evgeny Kim disse à Radio Sputnik, acrescentando que os EUA devem dar ouvidos a Moscow e a proposta de Pequim de parar os testes de mísseis norte-coreanos e os exercícios militares norte-americanos e sul-coreanos na região.
A falta de vontade de Washington de dialogar sobre a crise coreana com Pyongyang está adicionando combustível para o incêndio na região. Evgeny Kim, um colega sênior do Centro de Estudos Coreanos do Instituto de Estudos do Extremo Oriente da Academia Russa de Ciências, disse à Rádio Sputnik.

DESASTRE HUMANITÁRIO: POR QUE A GUERRA DA ARÁBIA NO IÊMEN É VISTA COMO TERRORISMO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

A guerra dos Estados Unidos e da Arábia no Iêmen está agora em seu terceiro ano, e a campanha indiscriminada de bombardeio saudita destruiu grande parte da infra-estrutura do país, deixou milhares de mortos e milhões estão famintos em uma fome feita pelo homem e desencadeou uma epidemia de cólera que infectou quase meio milhão de pessoas.

Em 23 de julho, o Comitê Internacional da Cruz Vermelha advertiu que mais de 600 mil pessoas deveriam contrair cólera no Iêmen neste ano.

O NINHO DA RECESSÃO: COMO A ECONOMIA BRASILEIRA PERDEU O RUMO

Recomendo esse artigo para todos que amam o Brasil e desejam entender o que acontece nesse país. Ou ainda àqueles que com dignidade exercem seu residual direito à liberdade de expressão, contrariando a falácia dos sagazes da mídia brasileira e os discursos prontos por todo lado, saídos das bocas de quem aprendeu na televisão e que não explicam nada. Esse conteúdo histórico pode nos compensar um pouco a falta das matérias escolares de OSPB e EMC retiradas da grade curricular. Agradecimento ao Miguel Freitas pela indicação do artigo. Rod – Adm. Dinâmica Global

Em Brasília, o encontro dos presidentes: Dilma, Lula, Collor, Sarney e FHC. Foto: Ricardo Stuckert
A abertura Collor e o Plano Real.

Os ensinamentos da História Econômica são essenciais para entender a atual e profunda crise da economia brasileira. Essa crise não advém de erros da gestão Dilma apenas. Esses erros existiram, mas de modo algum são a raiz primeira da atual crise, uma recessão que já dura três anos e não aponta para nenhum horizonte de solução à vista. Se os erros da gestão Dilma fossem a única causa da crise, a simples correção apontaria para uma rápida saída, o que não está acontecendo. Os equívocos do governo Dilma foram de operação, enquanto as causas da crise são mais profundas, de natureza estrutural e de correção muito mais complexa.

Primeiras Imagens de tropas iranianas que combatem o ISIS na Síria

DAMASCO, SÍRIA (4:30) - Lutadores do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã (IRGC) foram filmados lutando contra o Estado islâmico no deserto sírio.

O envolvimento direto das tropas de elite vem como parte de uma ofensiva mais ampla travada pela República Islâmica para retaliar devido a um oficial do IRGC que foi capturado e abatido pelo ISIS há alguns dias no Iraque perto das fronteiras sírias.

VÍDEO: Exército sírio e aliados esmagam mercenários da FSA no sul de Damasco

BEIRUT, LEBANON (9:55 PM) - As imagens de vídeo foram divulgadas por meios pró-governamentais que mostram o exército árabe sírio (SAA) e as milícias aliadas varrendo os mercenários do exército sírio livre (FSA) apoiados pelos EUA no deserto mais ao sul de Rif Dimashq.

A intensa filmagem de combate mostrada no vídeo abaixo é relatada como tendo ocorrido perto da fronteira sírio-jordaniana na região de Rif Dimashq, onde as forças pró-governo acabaram de entrar na região provincial da região de As-Suwayda.

Novas indicações apontam para 23 de setembro como o dia da chegada de Nibiru.

Quem não lembra da recente matéria onde o numerólogo e pesquisador David Meade diz que o planeta Nibiru irá “encontrar” a Terra em 23 de setembro? (Se não lembrar ou não leu ainda, o link para a matéria se encontra no final deste artigo.)

o dia da chegada de Nibiru
o dia da chegada de Nibiru
Pois agora Meade diz ter encontrado mais uma evidência da chegada de Nibiru para setembro, exatamente no dia 23. Veja:

…Agora o áugure do infortúnio descobriu que a posição da Grande Pirâmide também aponta para exatamente a mesma data – 23 de setembro.

O Sr. Meade disse ao Daily Star Online:

Força Aeroespacial russa estreia seu novo avião de guerra radioelétrica

A Rússia apresentou pela primeira vez seu novo avião de guerra eletrônica Il-22 Porubschik.
O novo avião de guerra eletrônica Il-22 Porubschik da Força Aeroespacial russa durante o show aéreo em 12 de agosto de 2017
Esta aeronave foi mostrada ao público em 12 de agosto, na cidade de Kubinka, no âmbito do 105º aniversário da Força Aeroespacial russa.

Que está acontecendo? Gigantesca nave extraterrestre parece se abastecer do Sol (VÍDEO)

O vídeo, publicado na Internet, mostra um objeto de dimensões gigantescas perto do Sol.
Superfície do Sol
O OVNI, segundo ufólogos, parece ser feito de materiais hiper-resistentes a temperaturas extremamente altas, porque foi detectado a uma distância próxima do Sol. 

Em breve todos os segredos serão revelados, diz ovniólogo russo

O seguinte artigo foi publicado no site br.sputniknews.com, e nos trás um ponto de vista interessante:
todos os segredos serão revelados
A cada dia surgem mais frequentemente notícias que não estamos sozinhos no Universo. Até aparecem rumores que a NASA poderá anunciar oficialmente que os extraterrestres existem.

A Sputnik Sérvia falou com Valery Uvarov, ufólogo russo, para saber, se essas teorias são reais.

“Isto é bastante real, levando em consideração que a quantidade de fatores que indicam para a presença de forças muito poderosas e desconhecidas no Sistema Solar. Estes fatores são tão numerosos que agora já não se pode controlá-los”, afirma ufólogo.

As relações entre EUA/Rússia devem tomar rumo inesperado

texto de M K Bhadrakumar, tradução de btpsilveira

A crise ucraniana – e as relações entre Rússia e Estados Unidos – devem alcançar um ponto de inflexão com as análises feitas pelo Instituto Internacional de Estudos Estratégicos (IISS, na sigla em inglês – NT) em Londres que o salto espantoso na capacidade balística de seus mísseis no ano passado só pode ser atribuído à aquisição clandestina de tecnologia da era soviética que está disponível em uma fábrica perto da linha de frente da zona de guerra no Donbass, perto da região separatista dominada pelos secessionistas.
O Hwasong-14 - RD-250?

terça-feira, 15 de agosto de 2017

CORÉIA DO NORTE X EUA: QUEM SÃO OS DEMÔNIOS? A CORÉIA DO NORTE PERDEU 30% DE SUA POPULAÇÃO COMO RESULTADO DE BOMBARDEIOS DOS EUA NA DÉCADA DE 1950

Este artigo foi publicado pela primeira vez em dezembro de 2011. Os EUA constituem uma ameaça à segurança da República Popular da Coréia (RPDC) ou simplesmente Coréia do Norte.
O povo americano deveria, nas palavras do veterano da guerra do Vietnã, Brian Willson “precisam colocar-se na posição de pessoas que vivem em países alvo. A Coréia do Norte, uma nação de 24 milhões de pessoas, ou seja, uma vigésima parte da população dos EUA, muitos deles pobres, uma terra ligeiramente maior em área do que o estado norte-americano da Pensilvânia, continua a ser uma das nações mais demonizadas e menos compreendidas, isso perplexa totalmente o povo coreano”.

Novo Su-57 russo não deixa mídia britânica sossegada

A mídia britânica está ativamente discutindo o novíssimo caça russo de quinta geração.

Assim, a edição The Daily Mail sublinha as caraterísticas furtivas do caça russo, devido às quais a maioria dos radares existentes não pode detectá-lo, acrescentando que o caça vai concorrer com os caças chineses e norte-americanos. 
Caça da quinta geração Su-57 no salão aéreo MAKS-2017

Submarinos nucleares russos 'desaparecerão' dos radares inimigos

Os submarinos russos mais recentes do projeto 995 da classe Borei-A e 885 Yasen-M serão quase "invisíveis" para os sonares, o meio principal para detectar submarinos.
Yuri Dolgoruky, submarino do projeto 955 Borei

Escudo do sul: Rússia instalará na Crimeia novíssimo radar de alta precisão

A Rússia planeja instalar na Crimeia a mais recente estação de radar Voronezh-SM do sistema nacional de alerta sobre ataques de mísseis, disse à Sputnik o construtor principal do sistema, Sergei Boev.
Estação de radar Voronezh-SM
A decisão pode ser tomada devido ao estado lamentável da estação de radar Dnepr, em Sevastopol, que a Rússia herdou da Ucrânia e cuja modernização não é viável.